sexta-feira, 26 de novembro de 2010

PARE, ESCUTE, OLHE VENCE NA CATEGORIA DE MELHOR DOCUMENTÁRIO NO XVII CAMINHOS DO CINEMA PORTUGUÊS




O documentário Pare, Escute, Olhe foi galardoado com o prémio Melhor Documentário, no XVII Caminhos do Cinema Português.

O júri oficial constituído por Anna Da Palma, Teresa Nicolau, José Sacramento, Alexandre Ramires e Paulo Granja, distinguiram a obra pela temática, estética, mas sobretudo pelo alerta e denúncia do que se está a passar em Trás-os-Montes, uma terra parece não ver cumprida os efeitos da “Res Publica”.

Cumpriu o documentário a sua missão de defesa pelo património do Vale do Tua? Ainda não, pois vivemos numa sociedade adormecida e pouco interventiva. Contudo, se não o fizéssemos, se não existissem pessoas a defender esta causa, as recompensas ainda seriam menores para aquelas pessoas, a realidade a esta altura já seria diferente. Por outro lado, é fundamental que fique registado quem são os verdadeiros responsáveis por aquilo que está a acontecer naquela região, que os culpados tenham um rosto”.

Jorge Pelicano já participou neste festival com a sua primeira obra “Ainda há Pastores?”, obtendo o prémio imprensa.

1 comentário:

  1. Foi com muito gosto que vi este documentário ganhar mais um prémio (merecido!) Após o ver no CAE da Figueira da Foz, as noticias que oiço sobre a linha do Tua dão me uma sensação de revolta por nada poder fazer por um património tão bonito!
    Perdoem-me o desabafo! Já há alguma previsão para a saída do DVD? Na verdade seria um bom presente de Natal para oferecer a algumas pessoas !

    ResponderEliminar