terça-feira, 12 de abril de 2011

PARE, ESCUTE, OLHE ESTREIA NA SIC TELEVISÃO A 16 DE ABRIL | 23h30


O documentário já tem estreia marcada na SIC Televisão (co-produtora do filme). Será exibido uma versão de 55 minutos, no dia 16 de Abril, às 23h30 - depois da novela Laços de Sangue.

Pare, Escute, Olhe estreou no DOCLISBOA - o principal festival de documentário em Portugal -, no circuito comercial, esteve em exibição nos Cinema Lusomundo, cineteatros e cineclubes do país.

Desde Dezembro está à venda o DVD - uma edição dupla, com mais de duas horas de extras.

Pare, Escute, Olhe (seis prémios no DocLisboa e no Festival de Seia) é um retrato, cheio de humor, cinema, pormenores, música e silêncios, de um Portugal “aprodundado” por políticas desastradas de (des)ordenamento do território. A mostrar com que entrelinhas se cosem estes caminhos-de-ferro…
Ana Margarida de Carvalho, Revista Visão, 5 NOV 09

Pelicano sustenta que “aquele património não é só das pessoas que vivem lá, é de todos os portugueses e acho que se há alternativas para buscar outras energias, temos que ir por essas alternativas, porque o progresso não é só destruição”.
Diário As Beiras, 26 OUT 09

“Alguém se deu ao trabalho de ver até que ponto o filme tem ritmo, fala de histórias humanas e universais, até que ponto a montagem é boa, poderosa, ao serviço de uma causa verdadeira, universal?... Que felicidade quando uma história nos é bem contada!”.
Guy Knafo, 10 Francs (empresa de destribuição cinematográfica)
In Ípsilon, suplemento do Jornal Público

7 comentários:

  1. acabei de ver.
    adorei.
    parabéns.

    é pena ver como morre 1 linha tão carregada de história e histórias

    miguel g.

    ResponderEliminar
  2. Acabo de ver o filme na SIC, depois de já ter visto no ciema e ter o DVD duplo...
    É muito bom, vale a pena.

    ResponderEliminar
  3. vi pela 2ª vz. No cinema, toda a gente se levantou no final e bateu palmas. Destaco as declarações políticas de mário soares, cavaco(P.M.&P.R.), conversa de passeio entre mexia/sócrates e o plano com + significado nesta questão: 1º plano terço infr. do ecrã, cabeça do político c discurso vazio/marketing, 2º plano 2/3 grande no ecrã o que é importante. A terra das gentes, herança do passado que tem de ter futuro.

    ResponderEliminar
  4. É de louvar o óptimo momento que a SIC proporcionou aos portugueses. Espero que este excelente documentário se torne fundamental e uma realidade na luta em defesa da linha do TUA, podendo também abrir os olhos às pessoas que têm um papel preponderante nos destino de Portugal. É uma questão de consciência.

    ResponderEliminar
  5. Os meus sinceros parabéns pelo documentário... Espero conseguir comprar DVD numa das FNAC. Excelente e tocante retrato de pessoas, lugares, emoções e vivências. Excelente homenagem à memória, essa coisa em vias de extinção que tem sido secundarizada face a uma concepção parola de progresso. Obrigado por tudo o que senti a ver o documentário e por tudo o que me fez reflectir (o que fiz no meu blogue), partindo de tudo o que vi. Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  6. Adorei,

    não ha palavras para descrever tal trablho.
    estão todos de parábens, pelo excelente documentário.
    gostava de ter o DVD, mas para já não me é possivel mas aguardo por melhores dias e comprarei, até porque gostaria que os meus pais vissem, pois lamento a hora que deu, devia ter dado nos tais horaios "nobres" pois este´é um tema que devia ser do conhecimento de todos.

    Mt obrigada pelo vosso trabalho

    ResponderEliminar
  7. Tive muita pena de não ter ido ver ao cinema, quando vi as nostalgia envolveu-me. Uma terra com tanta história, imagens tão familiares, pessoas do dia a dia levaram-me a pensar como é possível as pessoas pensarem em destruir um bem essencial e que depende da sobrevivência de muita gente. Ninguém tem o direito de destruir o que demorou anos e anos e contar uma história.

    Está aqui um trabalho muito bem conseguido, os meus sinceros parabéns!!

    ResponderEliminar